Conheça a Fundação
Comunicados e notas

Ataque artificial e descabido ao ex-ministro Aldo Rebelo

Redação Publicado em 21.06.2016

A deputada federal e presidenta do PCdoB, Luciana Santos (PE), assina nota da bancada no Congresso Nacional reafirmando o caráter descabido das acusações contra o ex-ministro Aldo Rebelo.

Foto: Ilustra por Cezar Xavier

O ex-deputado federal Pedro Corrêa, autodeclarado “decano” dos corruptos -- pois perpetra crimes contra o patrimônio público  desde os anos 1970 -- no desespero de reduzir a quantidade de anos de cadeia que terá de cumprir faz uso do instrumento da delação premiada para, criminosamente, atingir a honra do ex-ministro Aldo Rebelo.

No último dia 17 de junho, quando as declarações mentirosas de Corrêa foram divulgadas pela grande mídia, o PCdoB endossou a nota publicada por Aldo, mas em desrespeito aos princípios básicos do jornalismo, este posicionamento do Partido não foi divulgado mais amplamente por aqueles mesmos órgãos de imprensa.

“Aldo Rebelo”, declarou a presidente do PCdoB Luciana Santos em nome da bancada comunista, “é uma das lideranças que mais serviços prestou ao Brasil, tarefas das mais complexas e difíceis, todas elas realizadas com competência e extremo zelo com o patrimônio  e o interesse público, em razão disto é respeitado por todas as forças democráticas da política nacional. O PCdoB repudia, de modo veemente, as afirmações caluniosas do ex-deputado Pedro Corrêa contra Aldo e se solidariza integralmente com ele”. Por isso mesmo, Corrêa será processado por Aldo, “iniciativa que tem nosso apoio”, afirmou Luciana.

Esse ataque artificial e descabido ao ex-ministro Aldo Rebelo faz parte de uma tentativa deliberada do golpismo em curso no país para tentar criminalizar os partidos e as lideranças notadamente de esquerda que apoiaram e sustentaram o ciclo político progressista dos governos Lula e Dilma.

Aldo Rebelo foi o primeiro líder do governo Lula na Câmara dos Deputados, ministro de Estado em quatro pastas distintas nesse período nos governos de Lula e Dilma, quando cumpriu vitoriosamente grandes tarefas, como foi o caso da realização da Copa do Mundo de Futebol; e de sua eleição para a presidência da Câmara dos Deputados que foi decisiva para a superação da grave crise que ameaçava o governo Lula em 2005. Aldo é uma das lideranças que simbolizam esse ciclo político, essa é a razão de fundo desse ataque sórdido contra ele.

No caso específico há o ressentimento de Corrêa, como destacou Aldo em sua nota, uma vez que ele teve o mandato de deputado federal cassado, exatamente, quando Aldo Rebelo presidia a Câmara dos Deputados.

Brasília, 21 de junho de 2016

Luciana Santos, presidenta do PCdoB

Bancada do PCdoB no Congresso Nacional