Artigos

Celebrar a luta do povo, festejar os 90 anos do PCdoB!

Comissão Política Nacional do PCdoB Publicado em 29.01.2012

Neste ano de 2012, a legenda partidária de mais longa presença na história brasileira comemora a épica passagem de 90 anos de sua fundação. Em 25 de março de 1922, na cidade de Niterói, Rio de Janeiro, pelas mãos de um grupo de intrépidos trabalhadores nasceu o Partido Comunista do Brasil. Seu itinerário de 90 anos de lutas se funde com as diferentes etapas da história do país. Constante nesta trajetória é a bandeira do socialismo que nos seus punhos manteve-se sempre alta. Socialismo que, na atualidade, – rejuvenescido e renovado pela experiência histórica – é apresentado pelo PCdoB como a alternativa capaz de assegurar um novo avanço civilizacional para o Brasil – salto este que hoje tem por caminho a realização do Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento.

Esta trajetória que vem desde a República Velha, atravessa ditaduras, regimes autoritários, pequenas ilhas de liberdade, até a contemporaneidade – quando, desde 1985, o PCdoB vive seu período mais duradouro de atuação legal –, resulta num legado de batalhas e realizações em prol da democracia, da soberania nacional, dos direitos dos trabalhadores, da paz e da solidariedade entre os povos. Tal legado é fruto da militância revolucionária de várias gerações de comunistas nas quais estão presentes inúmeros heróis do povo brasileiro. Desde os fundadores de 1922 – simbolicamente personalizados no talento de Astrojildo Pereira – aos que o dirigiram nos tumultuados e enriquecedores anos de meados do século passado – cuja expressão é o destacado líder popular, Luiz Carlos Prestes –, até o período recente quando se agiganta o papel de João Amazonas como construtor e ideólogo do Partido Comunista que vicejou e se projetou para o século XXI.

Conforme a tradição de nossa gente de festejar quando as colheitas são boas, o PCdoB convida o povo, suas personalidades e forças políticas e sociais democráticas e progressistas, para participarem da agenda de eventos e festejos comemorativos dos 90 anos do Partido Comunista do Brasil. É uma festa dos comunistas, dos trabalhadores; é uma festa da democracia brasileira da qual o PCdoB tem sido um guardião, mesmo à custa de muitas vidas. Os democratas, os patriotas são todos bem-vindos às comemorações deste acontecimento histórico.

Atos de alegria e confraternização irão ocorrer por todo este país continental, de Norte a Sul. De formas diversas, mas com semelhante regozijo, irão se manifestar entre os operários e assalariados; entre os sertanejos e os camponeses; entre a juventude, as mulheres, os intelectuais; enfim, entre o povo brasileiro de toda parte! Cada um, ao seu modo, irá fazer ecoar o legado dos comunistas, tão bem sintetizado num poema de Pablo Neruda, o poeta chileno, quando diz que o Partido deu voz, boca e ação aos humildes e oprimidos. Com o Partido,

"O escravo sem voz nem boca,
o extenso sofrimento,
se fez homem, se chamou Povo,
Proletariado, Sindicato,
ganhou pessoa e postura".

É justamente isto que tem feito o Partido nestas nove décadas de existência.

A agenda nacional de comemorações está definida e em acelerada preparação. Eis a programação:

1) Festa nacional dos 90 anos do PCdoB. Festa com programação cultural e política. Dia 24 de março, na cidade do Rio de Janeiro, na Casa Vivo Rio, a partir das 19 horas. Presença de representações do Partido de todo o país. Serão convidados aliados e amigos e delegações internacionalistas.

2) Sessão Especial do Congresso Nacional em homenagem aos 90 anos do Partido Comunista do Brasil, PCdoB. Brasília, Plenário das Sessões do Senado Federal, dia 26 de março, às 17 horas. Presença de delegações do Partido de todo o país. Serão convidados: dirigentes partidários, lideranças parlamentares e do movimento social, autoridades dos Poderes da República, convidados internacionalistas e representações diplomáticas.

3) Exposição Iconográfica: 90 anos de história do PCdoB. Brasília, Câmara dos Deputados, de 15 a 31 de março. (Haverá uma versão compactada desta exposição que poderá ser confeccionada separadamente e exposta em todo o país.)

4) Seminário PCdoB 90 anos: história, legado, marxismo e Programa Socialista. São Paulo, SP, dias 20 e 21 de abril. Auditório da Universidade Paulista, Unip, Unidade Vergueiro. Presença de quadros e militantes de todo o país e convidados.

5) Programa de TV e Rádio alusivo aos 90 anos do PCdoB, dia 29 de março, às 20:30 horas, duração de 10 minutos. As organizações do Partido devem promover eventos em todo país para se assistir o programa, seguido de debates, atos e festas locais de comemoração.

As direções partidárias, o coletivo militante, todos são chamados ao engajamento entusiástico pelo êxito das comemorações que devem ser um acontecimento na vida do Partido e da sociedade. A vitória requer o empenho pela vitória dessa agenda nacional e, também, por uma rede de eventos nos estados e municípios que deve ser desde agora preparada. Exige também o esforço para a campanha de finanças com a venda do Bônus dos 90 anos.

As comemorações devem materializar o papel político crescente da legenda comunista no Brasil de hoje e o esforço pela educação ideológica de suas fileiras militantes. As responsabilidades que exerce perante o povo e a Nação, desde sua presença no governo da presidenta Dilma Rousseff até sua atuação e seus vínculos com a luta dos trabalhadores e ao valor que atribui à batalha de ideias.

Festejar os 90 anos do PCdoB é celebrar a luta do povo, força motriz das grandes mudanças! Enaltecer seu legado e sua história anima e alimenta de energia transformadora a atual geração de revolucionários em face das batalhas do presente e dos desafios do futuro!

São Paulo, 27 de janeiro de 2012

A Comissão Política Nacional do Partido Comunista do Brasil-PCdoB