Fotos

Cem anos da greve geral paulista de 1917

Publicado em 30.05.2017

Ser operário naqueles dias não era nada fácil. Trabalhava-se em média 14 horas diárias, sem férias, sem descanso semanal remunerado e sem nenhum tipo de assistência pública. Para eles apenas o trabalho, com salários parcos em ambientes insalubres. Em julho de 1917, o que parecia mais uma simples greve, acabou por desembocar no maior movimento de contestação operária da história do Brasil até aquele momento.