Notícias

Seminário Bicentenário de Marx começa com análise da crise do capitalismo

Cezar Xavier Publicado em 10.05.2018

O economista Frederico Mazzucchelli e o sociólogo Luis Fernandes abrem as mesas do Seminário do Bicentenário de Karl Marx: Desbravar um mundo novo no século XXI, debatendo às 10h da manhã do dia 19 de maio, as crises do capitalismo e da ordem do sistema internacional sob a ótica marxista. A coordenação da mesa fica a cargo da educadora Madalena Guasco.

O evento, que também comemora dez anos da Fundação Maurício Grabois, começa às 9h e prossegue até as 20h30, no Novotel Jaraguá, Centro de São Paulo (Rua Martins Fontes, 71).

As exposições e os debates do Seminário irão focar a atualidade do marxismo para a interpretação e transformação do mundo na contemporaneidade, e abordarão também a trajetória da vida deste que é um dos maiores pensadores desde os tempos modernos. No evento será lançado o livro Desbravar um mundo novo no século XXI, de vários(as) autores(as), editado pela Anita Garibaldi e pela Fundação Maurício Grabois, e também a inédita biografia de Marx: Karl Marx e o nascimento da sociedade moderna, Biografia e desenvolvimento de sua obra, por Michael Heinrich. 

10h00: Primeira Mesa

Análise marxista das crises do capitalismo e da ordem do sistema internacional

Expositores: Frederico Mazzucchelli, economista, professor da Unicamp; Luis Fernandes, cientista político, professor da UFRJ e PUC-RJ

Coordenação: Madalena Guasco, professora, diretora do Centro de Educação PUC-SP

12h30: Encerramento. Intervalo almoço

Frederico Mazzucchelli foi por trinta anos professor do Instituto de Economia da Unicamp. Entre suas publicações, destacam-se A contradição em processo: o capitalismo e suas crises (1985), Os anos de chumbo: economia e política internacional no entreguerras (2009) e Os dias de sol: a trajetória do capitalismo no pós-guerra (2014). Entre 1987 e 1992, foi secretário do Planejamento e secretário da Fazenda do Estado de São Paulo.

Luis Manuel Rebelo Fernandes é graduado em Relações Internacionais pela Georgetown University, mestre em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro – IUPERJ, e doutor em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro - IUPERJ. Atualmente, é professor do Instituto de Relações Internacionais (IRI) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Como gestor público, exerceu as funções de Secretário Executivo do Ministério do Esporte (de 2012 a 2015) e Coordenador do Grupo Executivo da Copa do Mundo 2014 (GECOPA), Presidente da Finep (de 2007 a 2011 e de 2015 a 2016), Secretário Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia (de 2004 a 2007) e Diretor Científico da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ (de 1999 a 2002). Sua atividade de pesquisa concentra-se em temas de Economia Política das Relações Internacionais, com destaque para os Desafios da Inovação e do Desenvolvimento na Era do Conhecimento, as Transformações nos Estados Socialistas e Ex-Socialistas, e a Reconfiguração das Relações de Poder no Sistema Internacional Pós-Guerra Fria.

É autor de Para Além dos Jogos: os grandes eventos esportivos e a agenda do desenvolvimento nacional; Hegemonia e Transição para um novo ciclo nacional; Aquecimento Global e Desigualdade Internacional e A Revolução Bipolar - gênese e derrocaba do socialismo soviético.

Madalena Guasco Peixoto tem Doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997). Atualmente é professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde foi eleita diretora da Faculdade de Educação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: dialética, conhecimento, educação superior, educação e marxismo, pós-modernidade e educação. Foi Diretora do Centro de Educação da PUCSP por 3 gestões .Membro da Comissão Nacional de avaliação da educação superior de 2006 a 2010,Coordenadora geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de ensino (2003-2006),(2006-2009),(2009-2012) e de (2012 - 2016) .Coordenadora da Secretaria geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimento de ensino (2017-2021) Membro efetivo do Fórum Nacional de Educação.Diretora da Faculdade de Educação da PUCS. É autora de A Condição Política na Pós-modernidade.