Prosa@Poesia

Litogravura

Paulo Leminski Publicado em 24.05.2013

Litogravura

 

Mão de estátua.

Templo. Coluna. Arco de triunfo.

Mil duzentos e cinquenta.

Qualquer pedra na Europa

é suspeita de ser

mais do que aparenta.

 

Felizes as pedras da minha terra

que nunca foram senão pedras.

Pedras, a lua esfria

e o sol esquenta.

 

Paulo Leminski -  Toda Poesia