Prosa@Poesia

O Meu Canto é de Sol

Joaquim Cardozo Publicado em 21.07.2011

O Meu Canto é de Sol


O meu canto é de sol...
É de verão florindo
Os jardins tropicais.
De túnicas vermelhas
Flamboyants cardeais!

O meu canto é de sol...
É de manhã nascente
Em profuso verão:
– Púrpuras de jambeiros
Atiradas no chão!

É de sol, é de sal
Desse mar nordestino
Suas cores abrindo
Como um pavão!

O meu canto é de sol!

Joaquim Cardozo Poemas Selecionados
Antologia organizada por César Leal
Bagaço: Recife, 1996