Prosa@Poesia

A ansiedade das multidões (2)

Luana Bonone Publicado em 28.05.2009

*

Sim, indubitavelmente, o que sinto
é a ansiedade das multidões!
De que outra forma possso descrever
este turbilhão desordenado
de desespero e esperança?

Não é sentimento para um homem só...
Não cabe, não pode caber!

É a ansiedade das multidões
que me invade e arrebata
Que me joga de encontro
à decadente realidade do mundo
E me suga de volta ao inferno das possibilidades
milhões e trilhões de possibilidades frustradas!
Infinitas...

Infinita ansiedade
que tumultua meu reduzido universo
e o expande
com fórceps, com força
com a intensidade das multidões ansiosas...

As multidões anseiam respostas.
Embora talvez nem saibam exatamente a que perguntas...! 




 Luana Bonone, jornalista e estudante de administração. Diretora de Comunicação da ANPG. É da direção nacional da União da Juventude Socialista - UJS. Publicou ''Garazilda e a Santa Voz'' (1993).