Prosa@Poesia

Eu já ouvi a voz de um órgão

Emily Dickinson Publicado em 25.02.2008

*

Eu já ouvi a voz de um Órgão
Na Nave de uma Catedral
E ainda que nada compreendesse –
Fiquei sem respirar –

E levantei-me – e fui embora –
Uma Garota menos má –
E ainda não sei que houve comigo
Naquela Catedral.

Emily Dickinson
Alguns poemas
Tradução: José Lira
Editora Iluminuras – edição 2006