Prosa@Poesia

O descobrimento da pólvora

Cida Pedrosa Publicado em 04.07.2007

*

Os dentes explicam a dor
que se esvai do cano do revólver

como devolver a lucidez do justo
que se esconde  atrás do fuzil

os dentes rangem a dor
que baila o girar da metralhadora

como devolver a dor ao justo
que se abriga no colete à prova de vida

os dentes mastigam as lágrimas
que caem como fogo e pólvora

como devolver o homem ao justo
que traz nos olhos balas e granadas