Vídeos

A semana na TV Grabois: 2 a 6 de agosto

Cezar Xavier Publicado em 07.08.2021

Teve conteúdo sobre o pós-eleições no Peru, industrialização, lugar de fala, hegemonia em Raymond Williams e as transformações econômicas que vêm ocorrendo no socialismo chinês.

As grandes transformações de um mundo cada vez mais perigoso continuam sendo discutidas na grade de programação da TV Grabois, nesta semana de 2 a 6 de agosto. A "desinformação crônica" sobre a China foi tema central de dois programas, devido às transformações que vêm ocorrendo na economia asiática, o tema da hegemonia cultural volta em sua última parte do curso, assim como esclarecimentos sobre o conceito de lugar de fala no debate racial. O futuro do Peru sob nova direção e um debate sobre o papel da industrialização no desenvolvimento econômico completam a grade.

Youtubers como Manuela D’Ávila, Olívia Santana, Ana Prestes, Dani Balbi, Fábio Palácio e Elias Jabbour garantem a grade de programas explicando e contextualizando temas relevantes da atualidade conturbada que vive o mundo, com seu ponto de vista marxista-leninista.

Na segunda-feira (26), estreou o vídeo novo do “Meia Noite em Pequim”, do professor da Faculdade de Ciências Econômicas da UERJ, Elias Jabbour, que explica como o tema do socialismo chinês entra na vida do pesquisador. Embora seja um especialista em China, Jabbour mostra que seu tema central sempre foi o funcionamento da dinâmica de uma economia socialista.

 

O programa tradicional de sexta-feira Contragolpe, conduzido por Manuela D´Ávila, também aproveitou as profundas transformações econômicas em torno da propriedade privada que ocorrem na China, entre outras, para trazer Elias Jabbour à frente da câmera.

 A socióloga Ana Prestes discute uma grande novidade no continente, que é o primeiro governo de esquerda eleito no Peru, depois de tantos governos neoliberais e autoritários. O modo como este tipo de transformação política se conecta com outras como o que acontece com o Chile, a Bolívia e a Colômbia, faz valer muito a pena assistir o programa Mira Mundo.

Desta vez, Olívia Santana discutiu a questão conceitual do lugar de fala, proposto pela filósofa Djamila Ribeiro, e vítima de incompreensões convenientes no programa Cabeça Feita. Ela mostra como as pessoas se apropriam do conceito para interditar debates sobre discriminação racial, sexista e de gênero.

O professor de comunicação maranhense Fábio Palácio volta com o programa Cultura em Movimento para concluir o curso rápido sobre hegemonia com seu quarto vídeo.

Depois de apresentar o tema na visão pioneira de Lênin, e depois mostrar como Gramsci aprofundou a perspectiva leninista, Palácio traz a contribuição do sociólogo Raymond Williams para renovar a abordagem marxista sobre a cultura.

A semana da TV Grabois incluiu uma live sobre o papel da indústria no novo projeto de desenvolvimento. O economista da Fundação Maurício Grabois, Aloísio Barroso, discute com o economista da UFRJ, Eduardo Costa Pinto e a economista da UnB, Maria de Lourdes R. Mollo, sobre o desafio de reindustrializar o país em meio ao ambiente neoliberal altamente financeirizado.